Entrevista com Karine de Souza, a mulher do Wine Business na Itàlia

0 comment

E ai meus caros winelover como vai tudo bem? Hoje vamos mostrar uma grande entrevista com uma brasileira que mora na Italia a vàrios anos e atual na arèa de wine business entre outra aréas. Karine de Souza vai nos dizer como ela iniciou e como é importante o mundo digital para comunicar o mundo dos vinhos do ponto de vista dps negòcios.

1° Bem, antes de tudo é um prazer falar contigo Karine. Para começar nosso bate papo nos fale um pouco da sua história e como chegou a Itália?

Oi, que super prazer falar contigo!!!Estou na Italia jà hà 30 anos e vim bem jovem. Foi uma serie de “casos” da vida que me trouxeram pra cà. Oficialmente vim do Rio de Janeiro pra jogar voley mas a verdade è que minha mae morava aqui na Italia e eu tinha crescido com meu pai n Brasil entao com 17 anos a oportunidade do volley juntou com a oportunidade de “conhece-la” e fazer as pazes com a minha historia.

2°. E como você se aproximou do mundo do vinho?

Enquanto jogava, me formei em mktg e comunicação com uma especialização e comercio exterior (um máster) e depois abri uma empresa em janeiro de 2000 com o escopo de trabalhar entre o Brasil e a Italia e me especializei em exportação e internacionalização de empresas italianas no Brasil. Seguia varios setores: cosmética, automotivo, aeroespacial, moveis, moda, … e vinhos.

Com os anos a minha empresa cresceu, comecei a criar minha equipe e a delegar e pude finalmente escolher o que realmente gostava de fazer.. os vinhos eram o “meu mundo”. Os vinhos me traziam aquela emoção que nenhum outro setor me dava. Era muita coisa envolvida.. e assim foi. Me especializei fazendo cursos mais técnicos pra poder ir além da parte de wine export e estudo atè hj pois agente nunca pode parar de crecer e jà são 10 anos que “domino” esse mercado (hj sigo as exportações pro Brasil, China, Dubai, USA e Canada)

3°. Como essa paixão pelo vinho se transformou em negócios?

Foi difícil para você que é mulher e por ser um ambiente muito dominado ainda pelo sexo masculino? Não foi difícil! Nunca tive problemas por ser mulher. Pelo contrario. Isso sempre deixou todos muito curiosos, era como um desafio: Vamos ver se ela entende mesmo disso! Jà a transformação da paixão pelo mundo dos vinhos em negócios foi automática como descrevi acima: eu simplesmente uni a minha profissão e competência esse mundo fantástico que precisava (e ainda precisa!) muito de profissionais competentes além dos produtores de vinho (que tem q produzir o vinho pois o resto do trabalho precisa ser feito por outros profissionais!).

Eu tive a paciência de observar aonde existia uma falha nesse setor e criei um método segundo a minha experiência e conhecimento do meu mercado pra cobrir esse “gap”. Logico que estudei muito e me preparei pra isso. E’ necessária preparação e ousadia, coragem. Atè mesmo porque 10 anos atrás não existia essa moda do vinho. E era muito difícil vender vinho pro Brasil.

3°. Nos explique o que é exatamente a o master em wine business e a importância do profissional no mercado?

Bom vamos là! Produzir e vender vinhos não è uma coisa simples, principalmente hj em dia que o mundo inteiro produz bom vinho e vende muito bem. Existem fatores que influenciam esse sistema em continua evolução. E’ necessário não somente o conhecimento de enologia pra “produzir” um bom vinho mas também o empreendedorismo pra conduzir uma empresa vinicula, comunicar o produto, comercializar no mercado interno mas também para exportar. Tem muita coisa envolvida. A vinicula è uma verdadeira empresa com todo o seu sistema gerencial que se non for dominado acaba virando uma areia movediça.

O Master em Wine Business dà as viniculas e aos profissionais que suportam essas empresas (contratados ou como consultores) as ferramentas necessárias de management empresarial para o gerenciamento desse negocio. Tratamos Wine Business, Wine Marketing e Wine Export. Esses 3 modulos sao naturalmente subdivididos em diferentes topicos essenciais para o desenvolvimento de cada um.A ideia è: a nossa empresa/ vinicula è como um carro de corrida que pra poder ir pra pista precisa dos 4 pneus calibrados do mesmo modo. A vinicula geralmente entre produção, wine business (management), wine mktg e wine export tem um desiquilíbrio, quase nunca està calibrada. Nos a ensinamos a calibrar os 4 pneus e ir pra pista ganhar a corrida.

4° quais são as características necessárias para poder iniciar no wine business?

Amar o mundo do vinho. Ter vontade de aprender e crescer. Ter alguma competência de base de um dos tres setores: management, marketing ou exportaçao. Mas se não tiver começa do zero e estuda paralelamente. Tudo na vida se aprende! Falar uma segunda língua estrangeira também è aconselhável.

5° com a evolução tecnológica e as redes sociais o profissional dessa área tem mais facilidade em fazer network?

Logicamente. Hj è fundamental. Principalmente depois do Covid. Os contatos são feitos on line, o mktg è on line, as degustações são on line. E’ necessário ter abilidade com os diferentes tipos de redes sociais e entender a diferença entre elas na hora de fazer network e de comunicar nossos produtos e serviços. O Digital Export è ainda a solução atual para muitas empresas, entao o network feito on line nesse caso è fundamental e muitas vezes o segreda das vendas.

6 Qual seu conselho para quem quer entrar no mundo vinho para fazer negócios?

Se preparar pelo menos a nível técnico. Não precisa ser um sommelier nível 3 mas uma base técnica è necessária. E entender que tipo de negocio vc quer fazer no mundo dos vinhos pois esse assunto è muito amplo. Acima falamos de Wine Business como conceito ligado à adminstraçao da empresa pra gerar lucros, aumentar as vendas (isso contempla infinitas funções e serviços no mudo dos vinhos) mas fazer negócios pode ser muito mais amplo.

7°. É difícil trabalhar com vinho no Brasil?

Vou responder sob 2 pontos de vista diferentes: 1) o exportador italiano que vende pro Brasil: Dificil não, mas precisa de MUITO conhecimento a nível alfandegario pois a Aduana no Brasil è muito complexa e o nosso sistema tributário e de importação um dos mais complexos do mundo, sem conhecimento o risco de fazer investimentos errados com perda de dinheiro è enorme.

É indispensável que seja feita uma simulação de importação por exemplo, que permite o exportador de orientar seus investimentos e criar as estratégias necessárias para alcançar seus objetivos sem disperdicios. Alèm disso è um paìs que requer um conhecimento geografico e cultural imenso. Estamos falando de uma Republica Federativa de 26 Estados independentes com impostos e leis diferentes entre si, além de ser grande como um continente. Se houver esse “conhecimento”, é simples e muito interessante comercialmente.

Um mercado curioso e que tem espaço pra todos os tipos de vinhos.2) para os produtores / profissionais brasileiros:E’ um mercado que continua em crescimento, muito interessante mas que nos últimos anos teve um grande aumento a nível de concorrência tanto como preço quanto como qualidade do produto.A maior dificuldade està na segmentação do mercado, nas grandes distancias para a distribuiçao e nos altos preços de transporte rodoviário.Alèm disso contamos com a concorrência dos produtos importados do Mercosul, muito competitivos que acabam obrigando os produtos do Sul a manterem um preço irrisório.

8°. Como uma pessoa que está interessada em fazer um Master em wine business pode fazer seu curso mesmo estando no Brasil?

Atravès dos nossos cursos on line. Temos os cursos na plataforma hotmart que abrimos pra lançamento 2 vezes por ano.

9° deixe um recado para os jovens que estão iniciando esse percurso e como eles podem se destacar no mercado.

é um setor maravilhoso que nos permite de viajar e fazer o que se ama. Viver de emoções e experiências, mas requer preparação e estudo, alèm conhecimento de uma língua estrangeira. Requer disciplina pois estudar os vinhos è fundamental e pra se destacar no mercado è necessário entender quais são as nossas próprias abilidades que podem ser utilizadas de forma que se possa fazer a diferença. Eu sempre digo pros meus alunos: “O vinho tem uma identidade, cada garrafa è diferente da outra, e nòs que trabalhamos nesse mundo também precisamos ser assim! Unicos!”Entao, preparaçao técnica a 360 graus (dos vinhos) e d matéria q si decide seguir e conhecimento de si mesmo!

A sua privacidade é importante para nós. É política do Enoacademy respeitar a sua privacidade em relação a qualquer informação sua que possamos coletar no site Enoacademy, e outros sites que possuímos e operamos. Solicitamos informações pessoais apenas quando realmente precisamos delas para lhe fornecer um serviço. Aceitar Leia mais

Privacy & Cookies Policy