Grande é a sorte de quem tem uma boa garrafa, um bom livro e um bom amigo. "Molière"

News Vinho e Negòcios

Veja os vinhos mais caros do mundo, ranking 2019

Os vinhos mais caros do mundo: tinto ou branco? Italianos ou estrangeiros? Muitos se perguntam quais são os vinhos mais caros do mercado e onde são produzidos, dignos de verdadeiros milionários. Taças de 1.000 € para cima, para verdadeiros conhecedores.

Se você está procurando a lista das melhores garrafas de vinho e das mais caras do planeta, está no lugar certo. O ranking também inclui garrafas com seis zeros, cujo primeiro lugar é dominado por um Romanée-Conti, também chamado de “o vinho impossível”.

Neste artigo, o ranking dos vinhos mais caros do mundo, compilado pela comparação de diferentes listas on-line, nacionais e internacionais.

Os 10 vinhos mais caros do mundo, lista completa 2019

1. Domaine de la Romanée-Conti Grand Cru

Preço médio: US $ 19.702
Preço máximo: $ 551.314

O Domaine de la Romanée-Conti, frequentemente abreviado na RDC por colecionadores, é uma propriedade na França, na Borgonha, que produz o vinho mais caro do mundo. Sua principal vinha, chamada Romanée-Conti, se estende por cerca de 10 hectares e produz as garrafas mais caras e melhores do mundo.

2. Domaine Leroy Musigny Grand Cru

Preço médio: US $ 19.702
Preço máximo: $ 551.314

Segundo entre os vinhos mais caros do mundo, o Domaine Leroy Musigny Grand Cru é outro vinho da Borgonha, desta vez proveniente da agricultura biodinâmica.

3. Egon Muller Scharzhofberger Riesling Trockenbeerenauslese

Preço médio: US $ 13.220
Preço máximo: $ 33.883

Em terceiro lugar na lista dos vinhos mais caros, encontramos um branco (por sua vez, o mais caro da sua categoria), proveniente da região alemã de Mosela, onde a família Müller produzia desde 1797.

4. Domaine Georges & Christophe Roumier Musigny Grand Cru

Preço médio: US $ 12.882
Preço máximo: $ 25.222

Georges Roumier plantou sua propria videira em 1924, hoje é composta por aproximadamente 28 acres na Borgonha, na França. As videiras de Roumier são encontradas nas regiões de Chambolle-Musigny, Morey-Saint-Denis e Corton-Charlemagne.

5. Domaine Leflaive Montrachet Grand Cru

Preço médio: US $ 10.030
Preço máximo: $ 15.242

Em quinto lugar, o Grand Cru da uva Leflaive, proveniente dos 12 acres mais caros deste Domaine. Nem todas as garrafas Leflaive são tão caras, e algumas custam menos de 70 euros, a um preço muito diferente do Domaine Leflaive Montrachet Grand Cru.

6. J.S. Terrantez Madeira

Preço médio: $ 8,285
Preço máximo: US $ 9.499

Este vinho é originário do arquipélago vulcânico português e é certamente um dos vinhos mais antigos da lista das garrafas mais caras do mundo.

7. Domaine de la Romanée-Conti Montrachet Grand Cru

Preço médio: US $ 7.924
Preço máximo: $ 108.000

O Montrachet do Domaine de la Romanèe Conti é o vinho branco mais precioso e mais caro do mundo. fazem somente 2000 garras por ano e muitas vezes nem esse nùmero.

8. Domaine Leroy Chambertin Grand Cru

Preço médio: US $ 7.480
Preço máximo: $ 16.769

Lalou Bize-Leroy fundou a uva Leroy em 1988 e, ao longo dos anos, conquistou um lugar importante no mercado de vinhos, alcançando 100/100 votos nos fóruns do setor.

9. Domaine Leroy Richebourg Grand Cru

Preço médio: US $ 6.015
Preço máximo: $ 10.280

Outro Leroy no nono lugar, das quais cerca de 700 garrafas são produzidas a cada ano. Um sabor equilibrado, com tons elegantes, para os paladares mais sofisticados.

10. Screaming Eagle Sauvignon Blanc

preço médio: US $ 5.983
Preço máximo: $ 9,058

Em décimo lugar no ranking, encontramos o Sauvignon Blanc mais caro do mundo, o Screaming Eagle Sauvignon Blanc, de origem americana.

O que acharam dessa lista?

Deixe uma resposta

Sou Um Sommelier apaixanodado pelo mundo do vinho, que quer compartilhar tudo sobre a enogastronomia.