Enoacademy

Grande é a sorte de quem tem uma boa garrafa, um bom livro e um bom amigo. "Molière"

News Vinho e Negòcios

Mercado de vinhos italiano, mais de 4,5 bilhões em exportações nos primeiros 9 meses

As exportações de vinho italiano estão crescendo, mas com ritmo lento. Pelo menos, olhando para a tendência dos primeiros 9 meses de 2019, esperando que o final do ano, talvez, dê um aumento positivo.

Segundo dados do Istat, entre janeiro e setembro, o vinho do Belpaese começou a chegar aos mercados do mundo por um valor total de 4,6 bilhões de euros, + 3,8% em relação ao mesmo período de 2018. Portanto, um número positivo , no geral, mas com uma desaceleração, por exemplo, dos + 5,4% registrados até maio. E na frente da qualidade certificada pelos críticos italianos e internacionais o jogo é sempre entre o Piemonte e a Toscana, mas quando se olha para os valores, Veneto é o líder absoluto, com a Região de Prosecco e Amarone, de Soave e Lugana que, que a região Veneto sozinha, vale mais de um terço das exportações de vinhos feitos na Itália, reunindo, nos primeiros 9 meses de 2019, 1,6 bilhão de euros, com um crescimento de 3,5% em relação a 2018.

É preciso dizer que isso vale Também levando em conta os vinhos italianos de outras regiões que, na verdade, partem do Veneto para os mercados mundiais, mas que, de qualquer forma, dá o tamanho da importância econômica da região para a economia vitivinícola do Belpaese. Distante em valor, mas, com crescimento acima da média nacional, o Piemonte é seguido por 743 milhões de euros (+ 5,2%) e a Toscana, com 734 milhões de euros (+ 6,6%). Três regiões que, sozinhas, reúnem 2/3 do valor de todas as exportações italianas de vinho.

Deixe uma resposta

Sou Um Sommelier apaixanodado pelo mundo do vinho, que quer compartilhar tudo sobre a enogastronomia.