Califórnia, conheça seus vinhos e seu terroir!

0 comment

Califórnia, lugar com um lindo litoral e sem sombra de dúvidas muito conhecida porque é aqui que se encontra a Silicon Valley, a patria das grandes empresas de tecnologia. Mas é destaque no mundo pelo seus vinhos de grande qualidade, e hoje vamos conhecer esse território que nos presenteia com a cada ano com o néctar de Bacco.

A grande guinada no setor vinícolo Californiano pode ser atribuído a Jean-Louis Vignes iniciou a plantar as vinhas na região em 1833, e a Agoston Haraszthy, que entre 1850 e 1860 importou cerca de 350 variedades de Vitis Vinifera e fundou a Buena Vista Winery na Sonoma Valley começando assim a primeira vinícola comercial. Em Napa Valley a primeira atividade enologica tomou vida nos meados de 1861 com a fundação da St. Helena Winery, iniciativa de Charles Krug.

A história cruzou as videiras californianas ( vitis labrusca) com a Europa em 1863, quando alguns jardins botânicos ingleses compraram algumas videiras americanas e com essa a fillosera que em poucos anos destruiu grande parte dos vinhedos europeus.

Em 1879 Gustav Niebaum fundou a Rutherford, em Napa Valley, a ainglenook Winery vinícola que se inspirou às de Bordeaux, conseguindo vários reconhecimentos internacionais.

Entre o século 18 e o século 19 aconteceu um grande desenvolvimento do setor enólogico californiano, portado graças a filossera que decimou os vinhedos europeus, fazendo com que os americanos entrassem nos principais mercados internacionais de vinho, que logo depois foi interrompido pela lei do proibisionismo. Passado o período citado acima, quem ajudou ao mercado vinícolo californiano a se reerguer foram várias figuras importantes, tais como o enólogo André Tchelistcheff, que em 1938 introduziu em Califórnia às mais modernas técnicas de vinificação, outra figura importante foi Robert Mondavi, que 1965 fundou a vinícola que serviu de modelo para muitas outras que vieram a nascer, sem falar que se deve a ele o mérito que foi entre os primeiros a utilizar o nome da casta nas etiquetas. E sem falar na contribuição da universidade de Davis e de Fresno que levaram a enologia Californiana a vanguarda no mundo. Nos últimos anos começaram a mudar a situação, porque da quente South Valley no sul de Los Angeles, a produção de vinho começou ir em direção à San Francisco, em zonas mais frescas, ideal para produção de vinhos de qualidade, ambiente ideal para castas como chardonnay, cabernet sauvignon além de Pinot noir e zinfandel.

É verdade que o profissionalismo junto com investimentos e alta tecnologia contribuiu para a explosão dos vinhos californianos no mundo, mas o clima e o território tiveram uma posição fundamental nesse papel. Na Califórnia o clima nas zonas vinícolas no geral é mediterrâneo temperado, com invernos bem rígidos e é verões quentes. E claro é influenciado do oceano pacífico,que contribui com as correntes de ar que descem as montanhas, rendendo uma brisa fresca durante a noite aos vinhedos.

Grande parte do terroir è de origem vulcânica, mas são bem diferentes por camadas, estrutura e composição, como argiloso-limo, pedregosos e arenosos e alguns ricos de calcário.

Os vinhedos Californianos usam no geral castas de origem europeia. A forma de cultivo mais usada é o guyot, mas se pode encontrar também nos terrenos mais férteis o GDC, o cordão livre e a Lyra. A colheita mecânica é muito usada, e a manual usada só para os vinhos de maior qualidade.

As castas de uva tinta mais usadas são; cabernet Sauvignon, Zinfandel, Merlot, Pinot Noir, Carignan, Grenache, Gamay, Syrah e Barbera, e as castas de uvas brancas mais usadas são ; Chardonnay, French Colombard, Sauvignon Blanc, Pinot Grigio, Chenin Blanc, Sémillon, Riesling, Viognier e Pinot Bianco.

A California tem mais de 300,00 hectares de terra cultivados de vinhedos, produzindo mais ou menos mais de 2,5 bilhões de litros vinhos por ano, sendo a maior região produtora do País.

Então você está pronto para ir na Califórnia para conhecer seu terroir e seus vinhos?

Não deixe de provar seus vinhos de bland bordolese, são ótimos e todos os anos se posicionam entre os melhores do mundo.

Na próxima matéria vamos falar das zonas vinícolas mais detalhadamente da Califórnia!

You may also like

A sua privacidade é importante para nós. É política do Enoacademy respeitar a sua privacidade em relação a qualquer informação sua que possamos coletar no site Enoacademy, e outros sites que possuímos e operamos. Solicitamos informações pessoais apenas quando realmente precisamos delas para lhe fornecer um serviço. Aceitar Leia mais

Privacy & Cookies Policy
%d blogueiros gostam disto: